sábado, 27 de março de 2010

19 capitais brasileiras no movimento

Pelo menos 19 capitais nas cinco regiões do Brasil confirmaram participação no Hora do Planeta, mas a expectativa é de que o número aumente até hoje à tarde. Entre elas, estão Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. Florianópolis vai apagar as luzes da Praça 15 de Novembro e da Ponte Hercílio Luz, cartão-postal da capital catarinense.

A Hora do Planeta começou em 2007, em Sydney, na Austrália. Em 2008, 371 cidades participaram. No ano passado, quando o Brasil participou pela primeira vez, o movimento superou todas as expectativas. Centenas de milhões de pessoas em mais de 4 mil cidades de 88 países apagaram as luzes.

Monumentos e locais simbólicos, como a Torre Eiffel, o Coliseu e a Times Square, além do Cristo Redentor, o Congresso Nacional e outros ficaram uma hora no escuro, num show de imagens que rodou o mundo.
As lâmpadas que iluminam as respectivas fachadas, às 20h30, deste sábado para participar da Hora do Planeta 2010. O protesto , que vai durar até às 21h30, é uma iniciativa mundial da rede WWF para alertar sobre o aquecimento global.
Em 2009, 1 bilhão de pessoas apagaram as luzes no mundo todo. O movimento envolveu quatro mil cidades de 88 países. No País, 113 municípios participaram, incluindo 13 capitais. O Brasil é, atualmente, o quarto maior emissor de carbono do mundo. Deste total, cerca de 75% são causados pelo desmatamento, principalmente na amazônia e no cerrado.

No Brasil, além do Rio de Janeiro que desligará por uma hora as lâmpadas da orla de Copacabana, o ato terá adesão de São Paulo, Belo Horizonte, Vitória, Manaus, Belém, Curitiba, Porto Alegre, Campo Grande, Rio Branco, João Pessoa, Palmas, Cuiabá, Fortaleza, Recife, Goiânia, São Luís, Salvador e Florianópolis,

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir