quinta-feira, 30 de julho de 2009

Baleia Beluga resgata mergulhadora e a salva da morte na China

Yang Yun achou que fosse morrer quando suas pernas paralisaram devido à baixa temperatura durante uma competição de mergulho livre, sem nenhum equipamento para respiração.

Baleia beluga resgata a mergulhadora incapacitada

Foto: Europics

Os competidores tinham que ir até o fundo de uma piscina ártica de 6 m em um aquário e permanecer lá pelo maior tempo possível, entre as baleias Belugas. A competição ocorreu na China, província de Harbin.

Mas quando Yun, 26, tentou voltar à superfície, ela descobriu que suas pernas estavam imóveis por causa de uma câimbra.

“Entrei em desespero e comecei a afundar cada vez mais, achei que era meu fim, que estava morta. Até que senti uma força incrível me empurrando para a superfície,” ela explicou.

Mila, uma baleia Beluga, percebeu as dificuldades de Yun e usou seu nariz sensível para guiar a moça de volta à superfície em segurança.

“Mila notou o problema antes de nós,” explicou o organizador.

“Nós vimos de repente a garota sendo empurrada para o topo da piscina com suas pernas na boca de Mila. Ela é um animal muito sensível e sempre foi muito próxima aos humanos, acho que esta moça lhe deve a vida”.

Belugas foram a primeira espécie de baleia a interagir com o ser humano, e possuem músculos faciais que lhes permitem um movimento próximo a um “sorriso”.

Nota da redação: É fanstástica e comovente a gentileza e sensibilidade das baleias Belugas com seres humanos. É uma pena que os mesmos humanos com quem elas interagem sejam capazes de confiná-las em tanques de aquários.

Com informações de Telegraph.co.uk

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir