quarta-feira, 30 de junho de 2010

Menor grupo de baleias do mundo tem apenas oito fêmeas‎

Eubalaena japonica, com 30 animais identificados, corre isco de desaparecer

Do R7, com France Presse

Reprodução
Foto por Reprodução
Baleia-franca-do-pacífico pode chegar a 18 metros de
comprimento e habita o norte do oceano Pacífico

O menor grupo conhecido de baleias, o da espécie Eubalaena japonica, que vive no mar de Bering e no golfo do Alaska, no norte do oceano Pacífico, tem atualmente cerca de 30 integrantes, sendo apenas oito fêmeas, o que coloca esses animais em seríssimo risco de extinção.

De acordo com a IUCN (União Internacional para Conservação da Natureza, na sigla em inglês), a região abrigava dezenas de milhares desses animais, conhecidos também como baleia-franca-do-pacífico, mas a caça acabou com a maior parte dos integrantes da espécie no século 19 – apenas na década de 40 daquele século foram mortas 30 mil dessas baleias. A caça realizada pela União Soviética nos anos 1960 também intensificaram o processo.

Essas baleias, que podem chegar a 18 metros de comprimento, estão também ameaçadas pelo tráfego marítimo, principalmente por causa de colisões com embarcações.

O pesquisador Paul Wade, do Centro de Ciência da Pesca do Alaska, diz que agora o número de fêmeas é o mais preocupante.

– É uma situação precária, consequência direta da exploração descontrolada e ilegal das baleias. Isso mostra o fracasso internacional em evitar esse tipo de abuso.

Para chegar aos resultados, os pesquisadores usaram dois métodos de medição de populações de baleias. O primeiro foi por meio de observações visuais, por meio de fotos feitas por avião durante o período entre 1998 e 2001 e também em 2008, e imagens tiradas por navios entre 2005 e 2007. A outra medida foi feita por meio da coleta de tecidos desses animais, com o objetivo de fazer análises genéticas – foram feitas 43 amostras em dez anos.

Os dois métodos indicaram dados parecidos e alarmantes: 31 animais identificados por meio de fotografias e 28 por meio da análise genética.

Outra população de baleias francas vive a oeste do Pacífico norte। Também corre o risco e, segundo estimativas, conta com menos de 900 indivíduos. As duas populações não têm contato entre si.

R7

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir