sábado, 10 de abril de 2010

Cachorros que cavam o jardim

Por Guilhermo Coelho

Foto: canildiamoretto

O meu vizinho tem um Rodhesian Ridgeback chamado Filet. O cachorro é lindo e muito brincalhão, mas tinha um problema super sério. Ele adorava cavar o jardim, vivia cavoucando o quintal e já chegou a estragar até um dos meus canteiros.

Aqui nos EUA, a primavera é muito chuvosa e forma um barro danado, então imagina o desespero dos meus vizinhos com o cachorro entrando em casa com as patas todas sujas, sem falar que o quintal deles parecia um campo de batalha.

Teve um dia que ele veio falar comigo, pois sabia que eu cuidava de cachorros. Vou contar para você a conversa que tive com ele. Foi mais ou menos assim:

Cavar faz parte dos hábitos ancestrais dos cachorros, que faziam isso para esconder comida e ossos, hoje escondem brinquedos, petiscos, meias, ou apenas cavam sem esconder nada. Cavar é muito divertido para eles, principalmente quando filhotes. Eles enterram coisas e depois vão procurar onde esconderam para desenterrar o objeto. Nesta brincadeira o seu jardim fica cheio de buracos, terra e plantas para tudo quanto é lado. Mas tudo isso é passageiro, com o tempo eles tendem a parar se você agir corretamente.

Cheiro de terra pode atrair muito os cães. Se for remexer no jardim, deixe-o uns dias longe do quintal até diminuir o cheiro e conseqüentemente diminuir a tentação dele em querer mexer na terra. Cães também aprendem por imitação - não cave buracos na frente do seu cão pois ele pode gostar da idéia e vai repetir o que você está fazendo do jeito dele, normalmente estabanado. E por fim cães podem cavar buracos por tédio, não ter o que fazer. Dar uma bola levemente murcha para ele brincar é uma ótima idéia para ele se distrair e esquecer-se das escavações.

Mas a coisa mais importante a fazer e o mais difícil sabe o que é?

É não ligar para os buracos dele ou as plantas que ele arranca dos seus vasos, não dar bronca ou bater no seu cachorro. Ele sabe que isso altera você e faz com que você fale com ele e lhe dê atenção. Torne esse hábito desinteressante para ele, ignorando-o.

Têm especialistas que indicam misturar as fezes do cachorro com água e colocar nos locais que ele costuma cavoucar. Eu nunca precisei fazer isso, ainda bem! Mas tem gente que fez e disse que funcionou. Há também alguns repelentes que podem ser borrifados em vasos ou plantas. Procure um Pet Shop que eles vão indicar um repelente adequado ao seu caso.

Eles também podem roer plantas em função da troca de dentição, pois quando isso acontece a gengiva coça bastante e roer tudo é uma maneira de aliviar esta sensação. Se for o caso do seu cão, dê para ele couro de boi próprio para cães, ossos ou mordedores que possam ser colocados no refrigerador, tudo isso alivia a coceira dele.

Não se esqueça, isso pode ser passageiro, só depende de você!

Fonte: AdestramentoDeCaes

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir