quarta-feira, 26 de agosto de 2009

Senhora de 82 anos dedica-se a cuidar de animais vítimas do abandono

Paixão pelos animais. Este é o caso de dona Irmgardht Hermann, 82 anos de vida, moradora de Piratuba (SP). Vó Irmgardht, como é carinhosamente chamada vive sozinha a mais de 30 anos. Sozinha na verdade é força de expressão. Ele vive rodeada por seus cães e gatos. Hoje são em torno de 60 animais, mas no passado já foram mais de 100. Ela dedica a sua vida a estes animais, uns encontrados doentes pelas ruas, outros abandonados no quintal de sua casa.

É difícil descrever a situação em que ela vive, com a saúde muito debilitada e as precárias condições para abrigar esta grande quantidade de animais. A única fonte de renda da vó Imgardht é a sua aposentadoria, dinheiro que usa para o seu sustento e de seus animais.

(Foto: Reprodução/A Semana)

(Foto: Reprodução/A Semana)

Membros da ONG faunamiga de Capinzal tomaram conhecimento de sua dedicação já a algum tempo e decidiram ajuda-la com doação de rações, remédios e ajudando também a encaminhar seus animais a novos lares.

No domingo, dia 16, foram levadas para a casa da vó Irmgardht, um total de 13 casinhas para cães que foram construídas com materiais doados. A vovozinha ficou muito feliz com a surpresa e certamente com isso irá ficar um pouco mais fácil para ela cuidar dos seus animais. Segundo membros da ONG isso só foi possível graças a doação de materiais e mão de obra de pessoas que se sensibilizaram com a situação e a sua dedicação.

AGRADECIMENTO

A Faunamiga fez questão de agradecer a todos que colaboraram. Aqueles que lá estiveram ajudando na montagem das casinhas. Citaram especificamente o Sr. Alcides Savaris que as construiu, a Madereira Falavignha (madeira), Loja do João (tinta, Juca e Lurdinha (Brasilit), Terezinha (telhas), funcionários do Posto Ipiranga (pintura e transporte), Rafael (caminhão) e ao grupo de voluntários, cerca de 15 pessoas que lá estiveram no domingo.

“São atitudes assim que precisamos para ajudar a melhorar a vida desta senhora que com seus 82 anos de vida tem a saúde muito frágil e cuida sozinha de todos estes animais. Ela precisa ainda de muito mais auxilia”, disse uma integrante da ONG.

Fonte: Jornal A Semana

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir