quinta-feira, 18 de junho de 2009

Toureiro mirim afirma não sentir pena dos touros


O menino de apenas 11 anos não é tão pequeno assim quando o assunto se trata de crueldade contra animais, em especial contra touros.

Pequeno cruel protagoniza tortura contra animais
A influência familiar arrastou-o cedo para as arenas – um mau começo para uma boa educação –, e, aos quatro anos, fez sua primeira ‘bezerrada’. “Antes de entrar sinto-me nervoso, mas depois passa”, assume o jovem, com a arrogância de um adulto “profissional”.
“Não sinto pena dos touros”, admite, alegando que a tauromaquia é uma “cultura muito antiga” e que “não pode acabar”.
Hoje (18), o pequeno cruel fará a sua estreia em Portugal. Participará, às 22h, do violento evento conhecido como ‘Promoção de Novos Valores’, que nada mais é do que um festival de tortura e maus-tratos dirigidos a animais, praticado em plena praça do Campo Pequeno.
Michelito diz estar feliz pela oportunidade e afirma, com sadismo, o quanto lamenta não poder matar o touro, como no México – o que torna, para ele, a corrida “menos divertida”.
Animal denuncia
A ONG Animal enviou uma denúncia ao Ministério Público, alertando para a idade de Michelito. Inácio Ramos, apoderado do franco-mexicano, diz que a associação “não deve conhecer a tradição, pois em Portugal é normal que haja estreias nestas idades”. Infelizmente, para o touro e para todos que prezam pelos direitos animais, cancelar a atuação no Campo Pequeno “está fora de questão”.
(Com informações do Correio da Manhã)

Um comentário:

Edilanê disse...

Gente já nasce filho da puta!
Eu socaria com muita porrada esse projeto de filho da puta!!!

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir