sábado, 13 de junho de 2009

Hipopótamo explorado por circo em Portugal é baleado quando tentava fugir

Um hipopótamo do Circo Chen foi baleado pela Guarda Nacional Republicana depois de ter conseguido sair do caminhão que o transportava. O fato aconteceu no dia 10 de junho passado, quando as caravanas do circo se deslocavam na estrada nacional 102 para Torre de Moncorvo (Portugal). Acidentalmente, a porta da jaula se abriu e o animal ficou preso no atrelado; funcionários do circo conseguiram libertá-lo. Quando percebeu que estava livre, o hipopótamo começou a correr, fugindo dos tratadores. Durante cinco quilômetros ele correu, seguido de perto por funcionários do circo e militares da Guarda Nacional Republicana. Mas o cansaço traiu o animal de três toneladas. Já na entrada da vila de Moncorvo, ele parou. Exausto e acuado, o hipopótamo reagiu contra um dos tratadores que tentava prendê-lo. Nesse momento, o comandante da GNR atirou contra o animal. “Quando vi o ataque de um bicho daquele porte, a minha primeira reação foi pegar na arma e disparar”, contou o alferes Mendes.
O tiro imobilizou o animal, que foi capturado e voltou a ser explorado nos espetáculos do circo. Quanta violência, quanto sofrimento. Até quando?
*com informações da RBA e Correio da Manhã

Um comentário:

A Teoria do Kaos disse...

Todos os Animais devem ser respeitados!

Se gostarem de animais, convido-vos a visitar:

http://groups.google.pt/group/animais_portugal?hl=pt-PT

Cumprimentos,

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir