quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Bauru terá Feira de Adoção de Animais no domingo

A Secretaria Municipal de Saúde disponibilizará 60 cães e gatos que precisam de um lar e muito carinho

Neste domingo (29), a Secretaria Municipal de Saúde, através da Divisão de Vigilância Ambiental, realiza mais uma Feira de Adoção de Cães e Gatos, das 9h às 16h, na sede do Centro de Controle de Zoonoses, que fica na Rua Henrique Hunzicker, qd 2, s/n, Jd Cecap-Redentor.


Até esta quinta-feira (26), o Centro conta com 60 animais, sendo 20 cães e 40 gatos disponíveis e em condições de adoção. Esses animais foram recolhidos por se encontrarem em situação de abandono, tendo sido vítimas de maus tratos, perdidos ou por outros motivos.


A coordenação da Seção de Controle de Zoonoses/Centro de Controle de Zoonoses esclarece que os animais passam por avaliação clínica analisando as condições de saúde para serem liberados para adoção. Entretanto, os responsáveis pelo serviço alertam aos interessados, que antes de decidirem pela adoção de um desses animais tomem conhecimento dos cuidados exigidos tais como, higiene, saúde e disponibilidade para cuidá-lo e dispensar a devida atenção.


No momento da adoção, os interessados deverão estar munidos dos seguintes documentos: CPF, RG e comprovante de residência


O Centro de Controle de Zoonoses fica na Rua Henrique Hunzicker, Q2, Bom Samaritano e o telefone para outras informações é o 3103-8050. O local funciona de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h.


Orientações importantes


- Adote, de preferência, animais de abrigos públicos e privados (vacinados e castrados) evitando a aquisição por impulso e sem as informações necessárias.


- A alimentação, um dos cuidados mais importantes para a vida do seu animal, não se restringe somente a dar a comida, mas sim manter o animal bem alimentado com ração específica para sua espécie, em quantidades adequadas. Os gatos não devem ser alimentados com ração de cães e vice-versa. Cães e gatos não merecem ser alimentados com restos de comida humana.


- Não deixe água estagnada no pote. Além de ser prejudicial à saúde do animal, essa água pode acumular larvas de mosquitos, prejudicando também sua saúde. Forneça sempre água fresca.


- Manter o abrigo sempre limpo, adequado ao porte do animal e protegido contra fugas e agressões a desconhecidos.


- Os passeios são fundamentais, desde que o animal seja conduzido com coleira, guia e por alguém que possa contê-lo.


- As fezes devem ser recolhidas do quintal e na hora do passeio, ensacadas e colocadas para coleta.


- O banho regular é fundamental para a saúde do animal.

- A alimentação adequada e exercícios regulares são fundamentais para a saúde física do seu animal. Ele também precisa de várias vacinas após os dois meses de idade. O serviço público oferece somente a vacina antirrábica. O animal deve ser levado ao veterinário sempre que necessário.


- Zele também, pela saúde psicológica do animal, dando-lhe atenção, carinho e ambiente adequado. Eduque o animal, se necessário, por meio de adestramento, mas respeite suas características.


- Evite as crias indesejadas de cães e gatos. Castre os machos e fêmeas. A castração é a única medida definitiva no controle da procriação e não tem contraindicações.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir