sábado, 9 de abril de 2011

Instituição que protege animais rejeita casa do atirador de Realengo


O Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal, órgão que agrega mais de 100 entidades de proteção animal de todos os estados brasileiros, rejeitou nesta sexta-feira a casa oferecida pelo atirador Wellington Menezes de Oliveira, autor da tragédia na Escola Municipal Tasso da Silveira, nesta quinta-feira, em Realengo, Zona Oeste do Rio.


Na carta encontrada no local, Wellington, de 23 anos, afirmou que gostaria de doar a casa em que morava, em Sepetiba, para instituições de proteção animal. Mas a presidente do fórum, Sonia Peralli Fonseca, repudiou a oferta. "Qualquer entidade de proteção animal veria com horror essa possibilidade, vinda de um assassino que, covardemente, por doença ou seja por que motivo for, matou tantas crianças. Seria a maior impropriedade possível você receber uma doação com essa origem".


* Com informações da Agência Brasil

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir