domingo, 4 de abril de 2010

Miguel Lacerda e os tubarões-brancos

por NYSSE ARRUDA

À procura de apoios para novo projecto de mergulho.

Depois de se tornar o primeiro mergulhador português a realizar uma série de mergulhos na Antárctida em Fevereiro passado, Miguel Lacerda prepara-se para mais um desafio extremo - mergulhar com os tubarões-brancos ao largo da ilha de Guadalupe, a cerca de 200 milhas da costa do México, no Pacífico, se possível já em Setembro.

"É de Agosto a Outubro que se verifica uma concentração de tubarões-brancos nesta região, devido principalmente à existência de uma importante colónia de elefantes-marinhos e à passagem sazonal de grandes cardumes de atum", disse Lacerda, que está à procura de patrocínios para este projecto, cujos custos rondam os 8000 euros.

Já em contacto com um dos operadores especializados neste tipo de mergulho na região, Lacerda explica que a expedição incluirá um barco a motor, com capacidade para alojar entre 12 e 14 mergulhadores, equipado com jaulas em aço inox, com grandes dimensões. "São jaulas muito resistentes, capazes de suportar ataques bruscos dos tubarões-brancos, uma espécie (Carcharodon carcharias) que pode ter mais de sete metros de comprimento e pesar mais de 2,5 toneladas", explicou o mergulhador, que quer desmistificar a perfídia que existe à volta destes excepcionais animais.

Os mergulhos serão efectuados ou dentro das jaulas de superfície - com os mergulhadores a receber ar através de um narguilé (mangueiras alimentadas por um compressor) - ou equipados com escafandro autónomo, mas sempre acompanhados por dois a três batedores com bastões eléctricos para afugentar os tubarões que se aproximarem demasiado.

"O género Carcharodon já habita este planeta há cerca de 20 milhões de anos e poucas alterações sofreu. Quero trazer uma mensagem de respeito por todas as espécies animais e transmitir o que de belo podemos encontrar neste 'terrível' animal", acrescentou Miguel Lacerda

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir