sábado, 27 de fevereiro de 2010

Orcas em cativeiro causam acidentes porque ficam estressadas, dizem ativistas

Na última quarta (24), orca matou treinadora nos EUA. Treinador do Sea World diz que shows ajudam a conscientizar pessoas.

Para várias organizações de proteção aos animais dos Estados Unidos, o ataque da orca Tilikum, que matou sua treinadora na última quarta-feira (24) na Flórida, não foi só um acidente. Eles são contrários à manutenção desses animais em cativeiro, e afirmam que os bichos ficam muito estressados quando estão presos.

“Confinar um animal de 5,5 toneladas em uma piscina é equivalente a confinar uma pessoa de 68 quilos em uma banheira de hidromassagem para o resto da vida”, afirmou por e-mail a advogada Joyce Tischler, uma das fundadoras do Fundo de Defesa Legal dos Animais, que atua nos EUA.

Segundo ela, há uma falsa percepção de que esses animais perdem o instinto predador quando estão em cativeiro. “Elas podem parecer fofinhas, já que são treinadas a fazer truques de circo para animar o público, mas isso não muda sua natureza

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir