terça-feira, 1 de setembro de 2009

Filhote de ouriço perde a mãe por causa de fortes chuvas

Com as fortes chuvas de agosto, a filhote de ouriço Anauê perdeu a mãe e procurou abrigo na residência de uma família em Nova Petrópolis, que entrou em contato com a Patrulha Ambiental da Brigada Militar. A pequena filhote foi levada para o zoológico de Gramado, onde recebe todos os cuidados da educadora ambiental Juliana Matos de Oliveira.

Depois de ficar órfã, ela conta com dieta especial e muito carinho da equipe. Para crescer saudável, a alimentação é composta de leite, gema de ovo, creme de leite e suplemento alimentar. O Gramadozoo recebe apenas animais de órgãos ambientais e adverte: é proibido retirar espécies da natureza e constitui crime ambiental. No caso do ouriço, no entanto, havia o risco de morte pelo fato do filhote ter perdido a mãe. Fatos semelhantes devem ser comunicados ao Ibama ou Patram.

Conforme a educadora ambiental, as doses de 10 miligramas da papinha são servidas em uma seringa. “A Anauê é bastante dócil. Ela só fica nervosa quando não quer comer”, conta. “Para ganhar peso, ela recebe alimentação oito vezes ao dia. Estamos começando a dieta com frutas. Quando conseguir comer sozinha, ela vai para o berçário”, completa.

Na língua Tupi Guarani, Anauê significa Salve. Segundo Juliana, o animal não poderá voltar à vida livre por ser criada em cativeiro desde muito cedo – o ouriço era recém-nascido ao chegar ao parque. “Se ela não recebesse os nossos cuidados, não conseguiria sobreviver na natureza”, diz.

Fonte: DIÁRIO DE CANOAS.com.br

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir