domingo, 2 de agosto de 2009

Ladrões matam e dilaceram cavalos em Pantano Grande (RS)

Policiais se depararam ontem com o mais inusitado caso de abigeato (furto de animais no campo) já registrado em Pantano Grande (RS). Durante a madrugada, ladrões invadiram uma fazenda, mataram cinco cavalos a tiros e depois retiraram a carne dos animais. Suspeita-se que os bandidos ofereçam a carne a desavisados, como se fosse de gado.

Conforme o delegado Pablo Queiroz Rocha, a ação ocorreu em uma propriedade rural situada na localidade de Monte Castelo. Os invasores estouraram o cadeado de um portão e abriram fogo contra cavalos que estavam no pasto. Pelo menos oito animais foram alvejados. Desses, morreram quatro éguas e um potro, dos quais foram retiradas as carnes.

Foto: divulgação/gs

Foto: divulgação/gs

Os bandidos removeram as pernas, a carne das costelas e até do pescoço dos equinos. A polícia estima que tenham levado mais de cem quilos de carne, possivelmente usando uma caminhonete. A ação só foi descoberta ao amanhecer, quando os peões encontraram os animais mortos e os três cavalos feridos a tiros.

Para o delegado, os bandidos irão oferecer a carne a possíveis compradores, provavelmente sem informar tratar-se de carne de equinos. Denúncias sobre possíveis envolvidos no esquema devem ser encaminhadas à Polícia Civil, pelo telefone 197.

Caçapava

O abate dos cavalos em Pantano lembra um episódio que veio à tona há 30 dias em Caçapava do Sul (RS). Por lá, a polícia localizou um jovem de 28 anos que matou e retirou a carne mais de 20 cães, tendo vendido afirmando ser de ovelha e porco. O acusado apanhava os cachorros na rua e enterrava as carcaças no próprio quintal.

O dinheiro obtido foi gasto na compra de pedras de crack. A polícia indiciou o suspeito por crime contra o meio ambiente e contra as relações de consumo. A pena pode chegar a seis anos de prisão.

Consumo

O consumo de carne de cavalo é comum em países da Europa e Ásia. Embora o produto não tenha muitos adeptos em seu território, o Brasil é um dos maiores exportadores, com frigoríficos especializados no Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais.

Com informações de Gazeta do Sul

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir