segunda-feira, 25 de maio de 2009

França, campeã da Europa em abandono de animais


Enquanto no sul do país durante 12 dias o júri da edição nº 62 do Festival Cinematográfico de Cannes deliberava e entregava prêmios ao melhor da sétima arte nacional e estrangeira, na capital do país, Paris, a Sociedade Protetora de Animais (SPA) concedia esta semana outro presente: “ A Palma do abandono” à França, o primeiro país da Europa com maior número de animais de companhia abandonados, uma realidade que seria provocada pela crise econômica mundial.
Com o slogan “ La SPA décerne la Palme de l'abandon à la France !", (A SPA entrega a Palma do abandono à França !”), a associação dedicada à proteção dos animais lançava assim uma campanha de sensibilização cidadã de maneira paralela ao festival internacional cinematográfico. Esta legenda se podia ler durante esta semana em cerca de 800 painéis publicitários de quatro por três metros colocados em sua maioria no estado francês de Los Alpes Marítimos, onde se celebrou o glamuroso Festival de Cannes.
E é que antes da véspera do verão, um periodo que resultaria propício para o abandono dos animais de companhia, a SPA tenta com esta campanha mandar um sinal de alerta para a opinião pública. Dados desta associação revelam que este ano se registra um aumento de 5 % no abandono de animais assim como uma diminuição de 10 a 15 % na adoção de animais. Dentro da perspectiva da SPA, isto posiciona a França como o país da Europa onde os animais são vítimas da crise.
Para a SPA, o balanço não é nada animador: os animais domésticos, sobretudo na França, são vítimas colaterais da recessão econômica mundial. Neste país, a cada ano cerca de 100 mil gatos surgem nas ruas. Durante as recentes campanhas de adoção que organizou a associação, se registraram menos adoções que em anos anteriores. Esta realidade obriga a que estes felinos sejam submetidos com maior frequência a eutanásia toda vez que a associação não pode sustentar a chegada de mais animais; seus abrigos estão lotados. Diante desta situação, a SPA insiste na esterilização dos animais.
A associação reitera que se a França é um exemplo em outros campos, em matéria de respeito aos animais há um atraso. Neste sentido, enfatiza que o abrigo de animais evidencia esta realidade. Muitos deles são deixados amarrados a àrvores, jogados vivos no lixo, jogados nas ruas ou deixados à noite nas portas dos abrigos.
Nesta primavera chuvosa, o radiante sol e o céu azul deste caloroso domingo levaram milhares de parisienses a desfrutar do bom tempo em algum dos passeios públicos mais visitados da capital francesa: o bosque de Vincennes. Neste dia em que o termômetro surpreende a muitos com quase 28 graus, dezenas de pessoas se esticam embaixo das sombras das velhas árvores, enquanto outros como Natalie, caminham em companhia de seu mascote ao redor do lago Daumesnil que cruza este lugar.
Mais informações: http://spa.asso.fr/

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir