quarta-feira, 15 de abril de 2009

Pit bull adere ao veganismo

Luciana Rossetto Do G1, em São Paulo
Existe um ditado que diz "a personalidade do cão é parecida com a do dono". Na Vila Mariana, Zona Sul de São Paulo, um cão da raça pit bull é uma excelente demonstração dessa sabedoria popular. O advogado Jorge Luís Cárdia, de 26 anos, e seu cão Davi seguem uma nova tendência e são adeptos do veganismo (filosofia em que não se deve consumir qualquer alimento ou produto de origem animal).

Veja a galeria de cães vegetarianos Cárdia é vegano há 10 anos। Não come nem mel, queijos ou ovos e evita usar produtos que são derivados de animais. Davi foi encontrado em setembro de 2006 em um lixão da cidade de Americana (SP) e adotado pelo advogado. Estava magro, desnutrido e tinha feridas na pele causadas por uma doença chamada sarna negra, que não é transmissível ao homem. Atualmente, Davi mora com Cárdia e sua mulher em uma casa na Vila Mariana. "Para mim, seria um contra-senso salvar um animal, mas ter de matar outros para sustentá-lo." Em vez de bifes suculentos, o cão devora legumes e frutas, mas seu alimento preferido mesmo é o tomate. "Davi adora frutas e gosta muito de bananas, maçãs e uvas. Ele também adora pipocas, temos até que tomar cuidado para que não coma demais", afirma Cárdia. "Tudo que eu consumo, acabo passando para meu cachorro. Acho que ele já tinha a alma vegana."

A dieta do animal é complementada com uma ração vegetariana, à base de legumes, que contém alguns nutrientes sintéticos encontrados apenas em carnes, como a vitamina B12. "Minha maior preocupação era ter certeza de que a dieta não faria nenhum mal para o bicho. Conversei com veterinários e descobri que não teria problema nenhum", diz. Ele garante que o cão é dócil e aposta que a dieta vegetariana contribui. "Ele é mais manso que meu gato, que ainda mora em Americana. Tenho mais medo que roubem ele do que a minha casa, porque ele é dado com todo mundo", diz. "Se não fosse pela alimentação, talvez nem a pele nem a personalidade dele seriam assim."

Um comentário:

Rômulo disse...

Oi!! Sou veterinario e tento seguir a filosofia vegana, já que ainda nao dou ração vegetariana para meus animais, que comem ração terapeutica. Acho muito interessante e admirável os donos que mantem seus caes sob essa dieta, ainda que tenha minhas duvidas em alguns aspectos. Mesmo assim dou os parabéns! Gostaria de saber como entrar em contato com o Jorge, dono do Davi, para informa~ções. Meu email é romulocrv@uol.com.br Grato

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir