sexta-feira, 10 de abril de 2009

Coelhos, são um verdadeiro encanto


Entre os roedores, o coelho é o animal de estimação mais querido. A graça está justamente na sua aparência. Isto, sem dúvida, é o maior atrativo dos coelhos. O seu corpo felpudinho, suas longas orelhas e seu olhar doce fazem com que este roedor se torne meigo e encantador. Sem contar o nariz que remexe! Além disto, o preço acessível, a manutenção pouco trabalhosa e de baixo custo, e a ausência total de cheiro na pele e no pêlo contribuem para a escolha deste bichinho como pet. De temperamento calmo, nada barulhento, o coelho é sociável, dócil, interativo e disposto a brincadeiras. Ele mesmo cuida eficazmente da sua higiene. Para se ambientar ao novo lar, o coelho deve ser solto regularmente por alguns instantes durante o primeiro mês. Existem diversas raças de coelho, como o Nova Zelândia, Califórnia, Chinchila, Azul de Viena, Borboleta, Prateado Champanhe, Rex e o mais exótico, o Angorá. Há ainda o coelho anão e o de orelhas caídas, normalmente encontrados como mutações do Nova Zelândia e Califórnia, porém existente também nas demais raças. A sua alimentação deve ser ração peletizada, específica para coelhos. Todos os dias o coelho deve comer folhas de beterraba, rabanete, chicória, almeirão e couve-flor. Alface, nem pensar! Pode causar diarréia. É claro que os coelhos adoram cenoura, mas por engordar, o melhor é alternar os dias.O coelho deve ser mantido em gaiola específica, sempre com o local fresco e protegido de correntes de ar. A cada quinze dias a instalação e os utensílios devem ser desinfectados.
Reprodução
O ideal é que o macho só comece a reproduzir a partir dos cinco meses de idade e a fêmea a partir dos quatro. Os coelhos reproduzem o ano todo, mas a fase mais fértil ocorre na primavera. Eles devem acasalar quase instantaneamente. Por garantia, deixe-os juntos por dois dias e, depois, separe-os. Ela dará a cria em cerca de 30 dias. Após o nascimento, verifique o ninho diariamente para checar se todos os filhotes estão vivos e juntinhos um ao outro, para que se esquentem. Caso não estejam, o melhor é reuni-los. Quando estiverem com 30 dias de idade, retire o ninho. Aos 40 dias de vida, já estarão desmamados e podem ser separados da mãe. Ela também já estará pronta para uma nova gestação.
Cuidados especiais: 1) Coelho não toma banho e nem deve ser molhado, pois provavelmente algum fungo se desenvolverá.2) Só deixe macho junto com fêmea quando quiser que reproduzam. Do contrário, ele tentará acasalar o tempo todo, e o casal pode brigar ou se reproduzir em demasia. 3) Caso, em alguns momentos do dia, o Coelho seja solto dentro de casa ou no jardim, fique atento para que não roa objetos ou plantas.4) Não carregue o Coelho pelas orelhas, pois pode causar distensões ou mesmo fraturas.
Origem e História
O coelho selvagem, digno ascendente do coelho doméstico, chegou ao continente europeu pelas mãos dos espanhóis vindos do norte de África. Ao longo dos séculos as características domésticas foram sendo apuradas (pensa-se que os monges foram os responsáveis) contando-se atualmente mais de 50 raças domésticas.

Nenhum comentário:

Ocorreu um erro neste gadget

Receita da semana

Vídeo da Semana

Comercial do Mês

Vamos Refletir